Photo by Yannis Papanastasopoulos on Unsplash

Certa noite, um brasileiro caminhava pelo centro da cidade de Colônia, na Alemanha, em direção ao seu hotel quando decidiu parar para comprar água mineral em uma pequena loja de doces. Entrou sem fazer alarde na loja vazia, abriu a porta da geladeira e pegou uma garrafa. Quando se dirigiu ao caixa para pagar, viu uma ampla variedade de chocolates e aproveitou para escolher um.

O rapaz solitário que estava no caixa apenas sorriu para o visitante e ficou pacientemente esperando a hora de receber. Sem dizer nada, o jovem mostrou a garrafa de água e chocolate para o dono da venda, que, ciente de se tratar de um estrangeiro e tentando ser simpático, disse: “Inglês, alemão ou turco? O brasileiro respondeu com outra pergunta: “português?”. Os dois apenas riram.

Riqueza linguística e cultural

A pequena história acima retrata de forma divertida uma realidade comum em muitos países do globo terrestre. Há inúmeras nações onde falar mais de um idioma é algo absolutamente natural. E, para um estrangeiro, isso pode ser embaraçoso ou desafiador, dependendo da forma como se analisa.

De um lado, para quem não é fluente na língua (ou línguas) do país onde se está, pode ser complicado. Por outro lado, também pode ser interessante para quem está aprendendo um novo idioma e quer aproveitar uma viagem para treinar a nova língua. Ou mesmo apenas pela vivência de uma rica experiência cultural. É uma vantagem e tanto estar em apenas um ambiente e poder falar mais de um idioma.

Existem casos interessantíssimos, como a Bélgica, por exemplo. O país europeu de 30.000 m² de área total e população de aproximadamente 11 milhões de habitantes, tem três idiomas oficiais. O mais popular é o holandês. Estima-se que 60% dos belgas a tenham como sua primeira língua, localizados ao norte da Bélgica. Os outros 40% têm o francês como língua principal, estes mais ao sul do país. A pequena comunidade alemã está situada no leste.

O Canadá, na América do Norte, é mais um bom exemplo. O enorme país bilíngue coloca o inglês e o francês no mesmo status, embora, dentro dos lares, o inglês tenha preferência por cerca de 70% da população. Entretanto, a província de Quebec, a segunda mais populosa do país, é dominada pelo idioma francês.

Imagine só o desafio (e a oportunidade) nesses dois países de fazer pequenos deslocamentos e ter a chance de conversar em línguas distintas? Certeza que vale o investimento na viagem.

Veja abaixo uma lista com 14 países que falam oficialmente mais de um idioma:

Áustria: alemão, croata e húngaro

Bélgica: holandês, francês e alemão

Bolívia: espanhol, quíchua e aimará

Canadá: inglês e francês

Chipre: grego e turco

Espanha: espanhol e catalão

Guiné Equatorial: espanhol, francês e português

Índia: hindi e inglês

Irlanda: inglês e irlandês

Luxemburgo: luxemburguês, alemão e francês

Macau: chinês e português

Malta: maltês, inglês e italiano

Paraguai: guarani e espanhol

Suíça: alemão, italiano, francês e romanche.

Se gostou do tema, confira o post A segunda língua mais falada em vários países do mundo. Elaboramos uma lista de países (separadas por continente) e as respectivas segundas línguas mais populares. Com certeza você vai se surpreender.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2023 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso