Uma grande preocupação dos clientes quando precisam dos serviços de uma agência de traduções está na qualidade dos serviços. Será que o resultado final ficará satisfatório? É compreensível o questionamento, até porque uma tradução excelente depende (e muito) do profissional tradutor encarregado da missão. Ou seja, trata-se de uma produção intelectual, não mecânica.

Aqui na Gama! Traduções e Interpretações temos o cuidado de selecionar profissionais nativos e altamente qualificados a fim de garantir uma entrega perfeita para os clientes. Quer saber quais são as características de um tradutor excelente? Selecionados abaixo cinco atributos fundamentais desse profissional.

1. Conhecer a fundo o próprio idioma

Um tradutor excelente precisa dominar um segundo idioma, conhecer as regras gramaticais, ter um amplo vocabulário e saber lidar com as peculiaridades da língua. Isso é o básico para conseguir trabalhar com tradução. Mas, essa lógica também é válida para seu idioma de berço. Não se pode debruçar apenas sobre o segundo idioma e se esquecer de suas origens. Evidente que ser educado na língua traz algumas vantagens, porém, quem pretende ser um profissional de alto nível precisa mergulhar no seu próprio idioma e conhecê-lo a fundo. É preciso ir além do convencional para oferecer uma tradução que realmente tenha valor.

2. Gostar de estudar e pesquisar

Ter vontade de aprender e ser um eterno curioso também são características importantíssimas para um tradutor excelente. Além de estudar com frequência as línguas com as quais trabalha, o profissional deve ter a mente aberta para pesquisar. Por exemplo, quando falamos em tradução de materiais técnicos, é sabido que o tradutor precisará imergir em todo o contexto que envolve o conteúdo para realizar um trabalho irreparável, entender jargões e palavras-chave. O caminho é pesquisar e pesquisar.

3. Saber se comunicar com desenvoltura

Um tradutor precisa estar em dia com a arte de se comunicar por duas razões. A primeira porque, mesmo que trabalhe sozinho em seu escritório, precisa lidar com outros profissionais à sua volta, como da agência, e às vezes até conversar com o cliente para esclarecer alguma dúvida. Segundo porque quanto mais habilidade e desenvoltura tiver para falar e escrever, melhor e mais fluido será o resultado de seu trabalho.  

4. Ser organizado

Cumprir o prazo combinado no ato da negociação é uma das grandes responsabilidades de um tradutor. E isso só será possível se o profissional for organizado. Conciliar diferentes trabalhos e prazos, orçamentos e todas as demais atribuições da profissão exige um controle rigoroso sobre a ordem das ações. Fazer bom uso da agenda (seja ela de papel ou digital) é fundamental. Um tradutor organizado consegue, além de dar conta das suas atribuições, ser muito mais produtivo.

5. Amar o que faz

Um profissional excelente necessita de estudo, técnica e dedicação para ser bem-sucedido na carreira. Mas, se demonstrar profissionalismo e, principalmente, amor por aquilo que faz, terá um grande diferencial. Um trabalho feito com a razão pode ficar ótimo, mas quando adicionada uma pitada de amor, pode se tornar excelente. Amar o que se faz é parte importante para um tradutor sair do meio de uma multidão e ganhar posição de destaque.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso