A plataforma de ensino de idiomas Duolingo anunciou recentemente novos recursos para facilitar o aprendizado de seus alunos. A ideia é tornar mais dinâmico os estudos de idiomas que não são derivados do latim, ou seja, que apresentam um sistema de organização diferente do qual estamos habituados.

Neste caso, o time Duolingo desenvolveu um novo recurso que recorre à gamificação para tornar mais fácil os estudos de línguas que utilizam caracteres em seus sistemas de escrita. Entre as novidades estão, por exemplo, gráficos e lições didáticas para facilitar a compreensão do japonês, russo, ucraniano, grego, coreano e árabe.

Leia também:

Jogo online ganha fama repentina e novas versões em várias línguas

Conheça as 4 línguas mais próximas do português

Duolingo mostra os idiomas mais estudados no Brasil e no mundo

Vale destacar: o alfabeto latino é, sem dúvida nenhuma, o mais utilizado em todo o mundo, porém existem outros 200 sistemas de escritas diferentes, pelo menos. E, na prática, os falantes de línguas como português, inglês e francês, em geral, apresentam maior dificuldade em aprender idiomas que possuem outros sistemas.

Coreano, japonês, hindi e russo entre os mais procurados

Interessante que, conforme um relatório anual da empresa, o Duolingo Language Report, dos cinco idiomas que obtiveram maior procura dentro da plataforma entre brasileiros em 2020, quatro deles contam com sistemas de escrita absolutamente diferentes da língua portuguesa. São eles: coreano, japonês, hindi e russo.

Atualmente, entre dez idiomas oferecidos na plataforma Duolingo com sistemas de escrita diferentes do latino, sete já possuem os recursos diferenciados à disposição dos alunos. Mais: hebraico, hindi e iídiche estão em processo de desenvolvimento, assim como um terceiro sistema de escrita japonês.

A título de curiosidade, o curso de japonês foi o primeiro da lista a receber os recursos gamificados. Não por acaso. No mundo, é o sexto idioma mais estudado, enquanto figura como a quarta língua que mais cresce no Brasil dentro da plataforma. A escrita japonesa conta com três diferentes formas de escrita: kanji, hiragana e katakana.

Para facilitar sistemas considerados mais complexos

Além do japonês, também ganharam os novos recursos para facilitar o aprendizado o russo, o ucraniano, o grego, o coreano e o árabe. No caso do russo e do ucraniano, que usam o alfabeto cirílico, uma variante do alfabeto grego, cada letra representa um som ou ainda uma combinação de sons. Agora, o novo recurso de leitura ensina as letras de forma individual, bem como os sons que elas representam.

O Hangul, sistema de escrita coreano, por sua vez, utiliza blocos de sílabas ou combinações de sons e padrões de blocos diferentes. Cada bloco consiste em, no mínimo duas e, no máximo, cinco entre 24 letras, sendo 14 consoantes e 10 vogais. Com o objetivo de dinamizar o aprendizado, o aplicativo Duolingo usa um gráfico de referência e lições de formação dos blocos e de reconhecimento de sons e sílabas.

Outro exemplo é o árabe, que tem padrão de escrita da direita para a esquerda, ao contrário do qual estamos acostumados. Além disso, o tradicional idioma, um dos mais tradicionais do mundo, tem como base um padrão de escrita em que a forma de cada letra pode mudar conforme a localização na palavra. Assim, a Duolingo criou uma espécie de traçado, que permite ao estudante criar formas para se familiarizar com as novas letras.

Ficou curioso? O Duolingo oferece opções de estudos gratuitos. Boa diversão e aprendizado!

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso