Photo by Element5 Digital on Unsplash

2020 ficará marcado na educação brasileira como o ano da inauguração da primeira escola pública de ensino em tempo integral e bilíngue (português e inglês). A iniciativa, inédita no Brasil, é do Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria da Educação.

De acordo com informações do governo, num primeiro momento, a unidade educacional vai atender cerca de 120 estudantes do Ensino Fundamental, da 1ª a 4ª série, todos alunos da capital maranhense, São Luís.

“Nosso intuito é desenvolver o aspecto sócio-educacional dos nossos estudantes e nivelar a aprendizagem. O bilinguismo abre oportunidades, portas para todas as pessoas e também desenvolve competências, comenta Felipe Camarão, secretário de Estado da Educação. 

“Apesar da oferta do Ensino Fundamental não ser responsabilidade do Estado, iniciaremos essa experiência com a oferta da educação bilíngue pelo Fundamental menor, exatamente por esse ser o momento adequado para alfabetização das crianças, inclusive em um idioma estrangeiro”, acrescenta.

Felipe Camarão afirma que a implantação dessa primeira escola bilíngue em tempo integral servirá como um projeto piloto para a rede de ensino do Maranhão. Uma vez consolidada, a ideia é expandir o modelo e a experiência para outras escolas da rede.

“Será uma experiência inédita, que estamos trabalhando com muito cuidado no projeto pedagógico, que poderá, posteriormente, servir de modelo para outras redes públicas e até para expansão na rede estadual de ensino.”

Consultoria de instituições de língua inglesa

Durante o segundo semestre do ano passado, a Secretaria da Educação trabalhou no projeto pedagógico da primeira escola em tempo integral bilíngue. Apesar de a responsabilidade total ser do Governo do Estado, houve uma parceria com instituições americanas e britânicas para uma consultoria e desenvolvimento geral do plano.

“É isso que chamamos de oportunidade na educação. Antes não tínhamos escolas em tempo integral, hoje são dezenas espalhadas pelo Maranhão e em amplo processo de expansão. E agora o governador Flávio Dino lança uma ação inédita na rede pública de ensino, com a experiência dessa escola em tempo integral e bilíngue, lembrou o secretário. 

“O governador mostra para todos que a rede pública deve sim ser de qualidade e que filhos de pessoas que não possuem condições financeiras para pagar por uma escola dessa natureza e privada, também podem ter essa experiência.”

Investimento pesado no ensino público

O Governo do Maranhão tem se destacado no Brasil quando o assunto é ensino público. Atualmente, e Estado conta com 49 escolas com educação em tempo integral, sendo 36 Centros Educa Mais e treze Unidades Plenas do IEMA, que oferece ensino profissionalizante aos estudantes. 

Ainda neste ano, está prevista a inclusão de mais 25 escolas em tempo integral no Estado.

A adoção de novas práticas públicas tem surtido efeito na prática. Por exemplo, a qualidade do ensino está melhorando. Prova disso é a evolução, desde 2015, da nota das escolas estaduais do Maranhão segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Entre 2013 e 2017, a nota passou de 2,8 para 3,4.

“Quando assumimos, o índice estava em queda. Temos uma trajetória hoje ascendente. Nossa expectativa é que, em 2020, quando for divulgado o novo Ideb, o Maranhão tenha crescido ainda mais”, encerra o governador Flávio Dino.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso