Já falamos aqui neste blog da Gama! Traduções e Interpretações de curiosidades e fatos relacionados a diversas línguas, como dinamarquês, holandês, finlandês, mandarim, hindi, árabe, entre outros. Desta vez, vamos conhecer um pouco mais da língua turca, a oficial da República da Turquia.

Então confira abaixo cinco curiosidades que separamos sobre o turco:

1. 80 milhões e 20º lugar

O idioma turco é falado por cerca de 80 milhões de pessoas no mundo todo, dos quais 75 milhões só na Turquia, onde é considerada a língua principal. Também é reconhecida oficialmente em mais dois países: Bulgária e Chipre. 

Além deles, o turco está presente na Grécia, Macedônia, Romênia, na Europa, e no Cazaquistão e Uzbequistão, no continente asiático, totalizando os outros 5 milhões. No ranking de línguas mais faladas no planeta, ocupa hoje o 20º lugar.

2. Língua Altaica e do século VII

O turco é classificado dentro da família das línguas chamadas Altaicas, junto das línguas da Mongólia, Coreia e Japão, e regiões como Manchúria, e Tungusic, em partes da Sibéria, da China e da própria Mongólia.

Estudiosos dizem que as primeiras fontes escritas em turco são as inscrições “Orkhun”, que foram registradas tanto no século VII como no VIII. Já o seu desenvolvimento na Anatólia, também conhecida como Ásia Menor, começou bem mais tarde, no século XIII.

3. Novo alfabeto e associação na década de 1930

Na longa jornada de formação do turco, foram usados os alfabetos Göktürk, Uygur e até mesmo o árabe. Já em 1928, após a proclamação da República da Turquia, o líder Mustafa Kemal Ataturk promoveu uma reforma importante. E, a partir daí, um novo alfabeto, preparado e adaptado à fonética turca, passou a ser adotado.

Quatro anos depois, com o objetivo de simplificar a língua turca, nasceu a Associação de Estudos da Língua Turca, que depois mudou de nome para Associação Turca de Linguística. Foi essa entidade, que segue ativa até hoje, a responsável por conduzir os trabalhos de desenvolvimento e enriquecimento da língua turca. 

4. Alfabeto latino com 29 letras

Mesmo não sendo uma língua de origem latina, é curioso o fato de o alfabeto turco ser latino. Tão interessante quanto é saber que, antes da reforma já citada de 1928, o alfabeto turco era bastante semelhante ao árabe. Agora, no alfabeto turco atual, são 29 letras, sendo oito vogais e 21 consoantes. 

Em comparação com o alfabeto português, são duas diferenças fundamentais. De um lado, três letras não fazem parte do alfabeto turco, são elas o w, q e x. Por outro lado, sete letras turcas não fazem parte do português, entre as quais ğ, ö, ş.

Com relação à pronúncia, vale destacar que toda letra tem apenas um som, e nada mais. Isso quer dizer que a letra é sempre verbalizada do mesmo modo. Além disso, no turco não há acentuação. Em geral, nas conversas, porém, a última sílaba tem uma pronúncia mais evidente, parecido com o acento agudo da língua portuguesa.

5. Uma língua e 11 dialetos

O turco mais convencional é o falado na capital do país, Istambul. Há, porém, dialetos, que seguem como fonte de pesquisa em universidades turcas, além da associação do país que cuida dos assuntos relacionados à linguística. Atualmente, fala-se em onze dialetos, entre eles: Rumeliano, Kıbrıs, Edirne, Goynuk e Karadeniz.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso