A China desponta hoje como uma das principais economias mundiais – é responsável por cerca de 15% das movimentações globais. A média de crescimento nos últimos anos é de significativos 7,5% ao ano, atraindo as atenções de todo o mundo.

O Brasil é um dos principais parceiros comerciais da China. As relações diplomáticas entre os dois países foi firmada em 1974, e cinco anos mais tarde, Brasil e China estabeleceram políticas comerciais que têm crescido com consistência desde então. No início da década de 1990, estabeleceram parceria estratégica, e em 2012, na primeira gestão da presidenta Dilma Rousseff, o relacionamento foi elevado para a condição de parceria estratégica global. Nesse ínterim, precisamente em 2009, o país asiático virou o maior parceiro comercial brasileiro.

Relações entre Brasil e China devem se intensificar

Há pouco mais de um ano, foi assinado um plano de ação conjunta que vai até 2021. Foram acordados 35 contratos, os quais abrangem, entre outros temas, infraestrutura, manufaturas, comércio, planejamento estratégico, transporte, agricultura, energia, mineração, ciência e tecnologia e comércio. Isso significa que essa parceria tem tudo para continuar plena, consistente e saudável para duas das mais importantes economias do mundo.

Além da intensidade econômica, a China já pode ser considerada parte da cultura brasileira, apesar da enorme distância territorial, um está no Ocidente e o outro no Oriente, e um tem como idioma base o português e o outro o mandarim. Sua culinária conquistou o paladar tupiniquim, sem falar na medicina tradicional chinesa, como, por exemplo, a acupuntura, as artes marciais (Tai Chi Chuan) etc. O Ano Novo Chinês, realizado no bairro da Liberdade, em São Paulo (SP), é parte das comemorações oficiais da cidade, em uma grande festa que reúne centenas de pessoas nas ruas com arte, cultura, gastronomia e união dos povos.

Tradução: mandarim para o português

Essa interação profissional e cultural gera centenas de visitas e documentos com trânsito entre Brasil e China. E para que a troca seja produtiva e gere os benefícios previstos de uma relação comercial saudável é importantíssimo o papel do tradutor e intérprete profissional, afinal de contas existe uma grande diferença entre o português e o mandarim, a língua oficial da China. Só um profissional conhecedor do idioma oriental é capaz de permitir um diálogo produtivo entre as partes, seja em viagem de negócios, turismo ou na tradução de documentos do mandarim para o português, bem como do português para o mandarim.

“Temos notado nos últimos anos uma demanda crescente de solicitações de tradutores e intérpretes de mandarim aqui na agência. Os chineses estão cada dia mais presentes no Brasil querendo investir e abrir novas frentes de trabalho e precisam dos serviços de tradução para dar fluidez aos diálogos, tanto em visitas, que exigem os serviços de interpretação consecutiva, quanto em tradução de documentos do mandarim para o português”, conta Gabriela Slaviero, sócia da Gama! Traduções e Interpretações.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso