O inglês é hoje a língua universal, o idioma que une povos ao redor do mundo. Seja na Ásia, na Europa ou na África, é a língua que a grande maioria das pessoas recorre quando quer se comunicar em outro país e não domina o idioma falado no local. Por ser uma língua muito usada em diferentes regiões do planeta, acaba se adaptando ao local, como acontece com qualquer idioma do planeta. Isso gera variações, como as diferenças do inglês britânico e o inglês americano.

Muitas pessoas perguntam quais são as principais diferenças entre eles. Existem sim diferenciações gramaticais, mas nada tão relevante. O que salta aos olhos são as formas variadas de ortografia e uso de palavras diferentes para um mesmo significado. Importante ressaltar: uma expressão não é melhor do que a outra. Ambas têm sua importância para suas respectivas culturas. Pensando nessas variações, apresentamos algumas diferenças entre o inglês britânico e o americano, confira!

Vacation x Holiday

O significado dessas duas palavras é exatamente o mesmo: férias. Os estadunidenses falam “vacation”, enquanto os britânicos “holiday”. É possível que você já tenha visto “holiday” nos Estados Unidos. Sim, ela existe por lá, mas com um significado diferente, de feriado.

Airplane x Aeroplane

A tradução para essas palavras é avião. São apenas duas letras diferentes. Nos Estados Unidos, é “airplane”, e na Grã-Bretanha é “aeroplane”, com o “e” no lugar do “i” e o acréscimo da letra “o”.

Trousers x Pants

Se quiser se referir a calça, no Reino Unido você pode usar “trousers”. Agora se estiver fazendo compras em Miami, pode dizer “pants”. Aliás, pants na Inglaterra é roupa íntima (calcinha/cueca), já nos EUA o equivalente é “underwear”.

Silverware x Cutlery

Quando estão à mesa e precisam de talheres, os britânicos dizem “cutlery”. Os americanos, por sua vez, usam “silverware”.

Soccer x Football

Se quiser assistir a uma partida de futebol no exterior, na Inglaterra você diz “football”, já nos EUA, fala-se “soccer”. Se disser “football” na terra do Tio Sam, eles entenderão o futebol com as mãos, conhecido por aqui como “futebol americano”.

Chips x French fries

Batata frita no inglês britânico é “chips” e vai muito bem no tradicional “fish and chips”. No inglês americano, a palavra mais adequada é “french fries”, e vai muito bem com hambúrguer, por sinal. Se você pedir “chips” nos Estados Unidos, receberá aquela batata crocante industrializada.

Fall x Autumn

O Outono é a estação do momento, ou “fall” para os estadunidenses e “autumn” para os britânicos. Diferença bastante significativa.

Cell phone x Mobile phone

Aqui estamos falando dos aparelhos celulares, que mudaram a comunicação do século 21. O que nos Estados Unidos é “cell phone”, no Reino Unido é “mobile phone”. O importante, neste caso, é conseguir se comunicar.

Subway x Underground

O eficiente transporte subterrâneo, conhecido no Brasil como metrô, é o “subway” para os americanos, e “underground” para os britânicos.

Data e Hora

Quando falamos do inglês britânico e do inglês americano, as diferenças vão além das palavras. Muda-se a forma de escrever datas e horas, por exemplo. Os estadunidenses escrevem as datas no esquema mês-dia-ano, enquanto os britânicos usam o formato dia-mês-ano, como o do Brasil. No país do Big Ben, o relógio é no formato 24 horas, isto é, escreve-se 13h ou 16h. Já nos EUA, é mais comum usar o esquema de 12 horas, assim: 9 a.m. ou 1 p.m.

Como vimos acima, algumas diferenças entre o inglês britânico e o americano são sutis, outras nem tanto. E quando pensamos em tradução, isso pode fazer a diferença no resultado final do trabalho. Por isso, quando precisar de um trabalho de tradução ou interpretação é importante contar com profissionais nativos que conhecem profundamente essas diferenças.

A Gama! conta com profissionais nativos tanto britânicos como estadunidenses.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2023 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso