Crédito: Photo by Puk Patrick on Unsplash

A Grécia, considerada o berço da civilização moderna, nos remete quase que instantaneamente a fatos e histórias variadas. O país está vinculado ao início dos Jogos Olímpicos, aos famosos filósofos Sócrates, Platão e Aristóteles, a um país de beleza ímpar cheio de ilhas paradisíacas, a monumentos históricos – Acrópole de Atenas, Templo de Apollo, Ruínas de Delfos são alguns exemplos clássicos – e, também, ao delicioso iogurte.

Brincadeiras à parte, a verdade é que por trás desse interessante país de 11 milhões de habitantes, localizado no sul da Europa, está o grego, uma das mais tradicionais línguas do planeta. Sim, o grego não tem aquele enorme apelo de língua popular, a exemplo do inglês, mas não se pode negar que o grego tem enorme importância na sociedade moderna. Isso porque, por se tratar de uma língua antiga, influenciou o desenvolvimento de outras línguas.

13 milhões de falantes do idioma grego

O idioma é falado por cerca de 13 milhões de pessoas, segundo o compêndio Ethnologue, considerando, principalmente, Grécia e Chipre, os dois países que têm o grego como língua oficial, além de Albânia e Ucrânia, que também contam com uma parcela relevante de comunidades falantes. Hoje, diga-se, é uma das 24 línguas oficiais da União Europeia.

O grego moderno foi elevado à condição de língua oficial da Grécia há pouco mais de 40 anos, precisamente em 1976. Antes, o chamado “katherévoussa”, uma vertente do grego clássico que veio do grego bizantino, era o idioma oficial daquele país.

A língua grega também é conhecida por ser o idioma original do Novo Testamento, parte da Bíblia Sagrada que conta, principalmente, as histórias de Jesus Cristo. Fala-se que a escolha pela língua se deu em razão da maior possibilidade de alcance do texto, já que a língua era popular à época – mais do que o hebraico e aramaico. Inclusive, estudiosos dizem que o próprio Jesus dominava a língua, utilizando-a em algumas situações, embora usasse com maior frequência o aramaico.

O grego e a língua portuguesa

O grego também está bastante presente na essência de várias línguas, incluindo a nossa língua portuguesa. Há vários sufixos e prefixos de palavras gregas no português, sobretudo nas áreas da ciência, medicina, astronomia, física, química e matemática. A razão que é a civilização grega era riquíssima na produção de materiais ligados a diferentes áreas do conhecimento humano.

Veja abaixo uma lista com quinze palavras do nosso cotidiano que tiveram alguma influência do grego:

dêm-os (povo): democracia

ídios (particular): idioma

mélos (música): melodia

glôss-a (língua): glossário

cron-os (tempo): cronológico

odóntos (dente): odontologia

estoma (boca): estomatite

zôi-on (animal): zoológico

atmós (vapor): atmosfera

bí-os (vida): biologia

héx (seis): hexacampeão

mónos (só): monólogo

semion (sinal): semântica

telê (longe): telefone

clorós (verde): clorofila

O grego é uma das muitas línguas que atendemos aqui na Gama! Traduções e Interpretações. Temos em nossa rede de colaboradores profissionais competentes que conhecem a fundo o idioma e podem traduzir do grego ou para o grego com total confiança e excelência. Consulte-nos!

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2023 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso