Quem de nós, brasileiros, nunca se atreveu a soltar um “portunhol” para conversar com nativos de origem espanhola? A similaridade das línguas é um convite para tentar um diálogo, mas a realidade é bem diferente. Impossível estabelecer uma conversa fluida, mais complicado ainda é quando partimos para a escrita. A língua portuguesa e a língua espanhola possuem a mesma origem, o latim, e se desenvolveram praticamente no mesmo período na Península Ibérica, região onde hoje estão Portugal e Espanha. Esse é o motivo pelo qual possuem muitas similaridades. Contudo, cada uma trilhou um caminho próprio e recebeu diferentes influências com o passar do tempo, o que criou diferenças significativas, as quais podem gerar alguma confusão na hora de lidar com as línguas.

Exemplos de diferenças entre a língua portuguesa e a língua espanhola

Quando nos aprofundamos nos conhecimentos gramaticais do espanhol, conhecemos características que diferem bastante do português. Por exemplo, na língua “hermana” existe o acento agudo, apenas, enquanto o português se vale também do grave e do circunflexo. Os monossílabos, em linhas gerais, não são acentuados, exceto quando existe mais de um significado. A mí no me gusta el invierno (Não gosto do inverno). Observe a diferença. Mi perrito se llama Minduim. (Meu cachorrinho se chama Minduim). Outro exemplo: No aguanto más esta situación (Não aguento mais esta situação). Ese vestido me gusta mas es caro. (Gosto desse vestido, mas é caro).

A forma de escrita dos números cardinais é diferente também. No português, de 1 a 20 são escritos em uma só palavra. No espanhol, sobe para 1 a 30. Veintiuno (vinte e um), veintiséis (vinte e seis) e assim por diante. Uma curiosidade em relação à escrita dos números. Um bilhão se diz mil millones em espanhol.

Outro caso interessante é quando, no português, separamos com um hífen uma forma verbal de um pronome oblíquo átono. No espanhol, a palavra é única. Discúlpeme (desculpe-me), conocerle (conhecê-lo) etc. Mais um exemplo? Quem, em português, é invariável, porém em espanhol existem variações no singular (quién) e plural (quiénes).

Se pegarmos palavras isoladas, veremos significados bem diferentes entre os idiomas. Veja abaixo uma lista de palavras em espanhol e note que seu significado tem um outro sentido em comparação com a língua portuguesa:

terráqueo – adjetivo usado somente para referir-se ao globo ou esfera terrestre.

salsa – significa molho. Não há nenhuma relação com a erva.

racha – quer dizer rajada de vento

práctica – também significa estágio

mozo – garçom

lastimar – ferir, machucar

habitación – significa também cômodo

extrañar – sentir saudade

esposas – algemas

desgarrado – usa-se no sentido de rasgar, dilacerar

concurrir – comparecer

catar – provar

apellidar – ter ou dar um nome ou sobrenome

plazo – prestação, parcela

pelo – cabelo

aceite – óleo, azeite, óleo lubrificante

balcón – sacada

embarazada – grávida

ganancia – ganho, lucro

salada – salgada

Há os casos dos heterossemânticos, que são palavras que se escrevem ou pronunciam de forma parecida, mas que significam coisas totalmente diferentes. Exemplos:

escova – escoba (escova = cepillo / escoba = vassoura)

Uso uma escova para meu cabelo.
Por favor, pase la escoba en el piso del patio.

esquisito – exquisito (esquisito = estranho / exquisito = delicado, extraordinário, delicioso)

Esse cara é esquisito.
¡Esa cena parece exquisita!

vaso – vaso (vaso = plantera, maceta / vaso = copo)

Coloque as flores naquele vaso, por favor.
¿Me das un vaso de agua?

corrente – corriente (corrente = cadena / corriente = energia elétrica)
Passa a corrente no portão, Gervásio!

¡No tenemos corriente desde hace una semana!

pulso – pulso (pulso = muñeca / pulso = batida)

Coloquei um relógio de pulso.
¿Cuál es el pulso del paciente?

Nesses casos, quem não entende espanhol pode se atrapalhar, não é verdade?

Exemplos de semelhanças entre o português e o espanhol

Como falamos no início deste texto, nem só de diferenças vivem o português e o espanhol. Existem muitas palavras que não só se parecem, mas têm exatamente o mesmo significado que conhecemos na língua portuguesa. O que às vezes muda, nesses casos, é a pronúncia. Confira abaixo alguns exemplos:

seis

todo

sábado

domingo

punir

original

olfato

elástico

fértil

gesticular

conciliar

brotar

automatizar

atrasar

literal

negativa

ofensivo

pavor

regar

reencontrar

Dito isso, é bom ficar esperto para não escorregar em uma conversa (formal ou informal) ou mesmo em uma tradução escrita do espanhol para o português ou vice-versa. É fato: dá vontade de tentar traduzir, mas a verdade é que essa missão fica mais segura nas mãos de tradutores especialistas no assunto, os quais conhecem todos os caminhos nos dois idiomas.

0 Comments

  • P. A. Stonemann, CSS Dixieland
    Posted 24/08/2017 08:37 0Likes

    Excellent comparison between two of the main languages of Iberian origin: Galaic-Portuguese and Castillian. Some other languages are Astur-Leonese, Aragonese, Gascon of Vall d’Aran, Catalan-Valencian (which are Romanic), plus Basque (which is not).
    Many other similarities as well as differences also exist and have been studied. Between cultivated speakers the two languages (Portuguese and Spanish) tend to be more or less intelligible in the written form. Less so in oral communication, due to plenty of phonetic differences. However, between people of low cultural level, experience shows that they have a tendency to fall prey to false cognates, to many expressions of identical etymological origin, but which have evolved semantically very different meanings in the course of a thousand years or more. Some of those differences have been listed in the essay. The reciprocal intelligibility of Portuguese and Spanish can be roughly compared to that of the Scandinavian languages of Germanic origin: Danish, Swedish, Dano-Norwegian (Bokmaal), Norwegian proper (Nynorsk), Faeroese and Icelandic.

Leave a comment

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso