A 93ª edição do Oscar, a premiação mais importante do cinema em Hollywood, anunciou a lista de vencedores das obras lançadas entre janeiro de 2020 e março de 2021. Ao todo, foram 23 categorias premiadas no último fim de semana. 

O evento aconteceu em Los Angeles, Estados Unidos, com a maioria dos indicados e vencedores presentes. Porém, por conta da pandemia, muitos indicados estavam no Reino Unido, enquanto outros apareceram na tela direto de Paris, França, de Praga, na República Tcheca, e Sydney, na Austrália.

Leia também:

Técnicos estrangeiros atuantes no Brasil apostam nos estudos da língua portuguesa

Línguas indígenas kaingang e nheengatú estão disponíveis em smartphones

Pedro Bial reflete sobre modismos da língua portuguesa em quadro na web

O filme Nomadland foi o grande vencedor, ficando com as estatuetas de Melhor Filme, Melhor Diretora e Melhor Atriz, com Frances McDormand. Com a premiação, a chinesa Chloé Zhao fez história ao se tornar a segunda mulher a ganhar a distinção na categoria de direção. O Oscar, é bom lembrar, acontece desde 1929. Além disso, a cineasta, nascida em Pequim, é a primeira diretora asiática a conquistar uma estatueta na badalada premiação.

Chinesa e sul-coreana em destaque no Oscar

Em seu discurso Chloé falou: “Recentemente tenho pensado muito sobre o que me faz seguir em frente quando as coisas estão difíceis. E acho que está ligado a algo que aprendi quando era criança. Crescendo na China, meu pai e eu costumávamos brincar de memorizar poemas e textos clássicos chineses. Recitávamos juntos e tentávamos finalizar a frase do outro”, disse.

Ela acrescentou: “Me lembro com muito carinho de um destes textos, chamado Three Character Classic. O primeiro verso diz: ‘Ao nascer, as pessoas são inerentemente boas’. Isso teve um impacto muito grande em mim quando criança, e continuo acreditando nelas”, acrescentou.

“Às vezes o oposto parece ser verdade, mas sempre encontrei bondade nas pessoas que conheci, em todos os lugares do mundo a que fui. Então este prêmio é para qualquer pessoa que tem fé e coragem para se agarrar à bondade dentro delas e à bondade dos outros, mesmo quando é muito difícil fazer isso. Esse prêmio é para vocês. Vocês me inspiram a seguir em frente”, finalizou.

Nomadland, que atualmente está em cartaz nos cinemas brasileiros, narra a história de uma mulher viúva na casa dos 60 anos (Frances McDormand) que, depois de perder tudo na Grande Recessão, resolve embarcar em uma viagem em sua van pela região oeste dos Estados Unidos, vivendo como uma espécie de nômade moderna.

Outra mulher que foi destaque na edição 2021 do Oscar foi Youn Yuh-jung, que levou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante pela atuação no filme “Minari – Em Busca de Felicidade”. Aos 73 anos, Youn Yuh-jung tornou-se a primeira atriz sul-coreana indicada e vencedora da principal premiação do cinema. Em Minari, ela interpreta uma avó desbocada.

Obra dinamarquesa premiada

Por fim, vale citar o prêmio de Melhor Filme Internacional, que ficou com a obra dinamarquesa “Druk – Mais uma rodada”, uma comédia dramática que envolve o polêmico álcool. A sinopse: “para alegrar um amigo em crise, um grupo de professores decide testar a ousada teoria de que serão mais felizes e bem-sucedidos vivendo com um pouco de álcool no sangue”. Curioso, né?

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso