Imigrantes adultos que estão na cidade de São Paulo agora podem estudar Língua Portuguesa de forma gratuita. A oferta é resultado da parceria entre o Projeto Portas Abertas – Português para Imigrantes, e Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC).

O objetivo do movimento é garantir que os imigrantes maiores de 18 anos tenham acesso a todos os seus direitos, serviços públicos e, também, ao mercado de trabalho. Para tanto, o conhecimento e desenvolvimento da língua portuguesa é fundamental.

Leia também:

Museu da Língua Portuguesa reabre com novas experiências

Curiosidades: os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

As particularidades do português brasileiro

Para participar do curso, basta que o interessado faça sua inscrição na escola de sua preferência em qualquer momento do ano letivo. Sua presença no grupo de estudos independe de sua condição migratória e documentação. Ou seja, não há barreiras.

Nove escolas em toda a cidade

Ao todo, nove escolas municipais de diferentes regiões da capital (centro, leste, oeste, norte e sul) oferecem o curso de língua portuguesa. São três módulos: básico, intermediário e avançado, com 90 horas/aula por módulo, totalizando 270 horas de aula. O material utilizado em sala de aula é próprio e conta com conteúdos e discussões atuais, como, por exemplo, combate ao racismo, machismo e respeito à diversidade de gênero. 

As aulas acontecem duas vezes por semana, com três horas/aula em cada encontro. Porém, por conta da pandemia de covid-19, o aluno pode participar das aulas online.

Para se inscrever, o imigrante só precisa apresentar um documento de identificação, que pode ter sido emitido no Brasil ou então em seu país de origem, além de um comprovante de residência. Se por acaso não tiver um, basta preencher uma declaração de residência.

Para garantir seu certificado de cada módulo, o aluno precisa ter comparecido em pelo menos 75% das aulas durante o semestre.

Veja abaixo o contato das nove unidades que integram esse projeto na cidade de São Paulo. 

Centro

CIEJA Paulo Emílio Vanzollini (CIEJA Cambuci)

Endereço: Rua Cesário Ramalho, 111 – Cambuci

Telefone: 3208-7820

Zona Norte

EMEF Vereador Antonio Sampaio

Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 733 – Santana

Telefone: 2221-5599

EMEF Infante D. Henrique

Endereço: R. Comendador Nestor Pereira, 285 – Canindé

Telefone: 3313-1988

EMEI José Robson da Costa (Bombeiro)

Endereço: R. Monsenhor Paulo Fernandes de Barros, S/N – Jardim Cachoeira

Telefone: 3983-5772

Zona Leste

EMEF CEU Jambeiro

Endereço: Avenida José Pinheiro Borges, 60 Guaianases

Telefone: 2960-2055

CEU EMEF Água Azul

Endereço: Av. dos Metalúrgicos, 1300 – Cidade Tiradentes

Telefone: 2282-7671

EMEF Arthur Azevedo

Endereço: Avenida Salim Farah Maluf, 999 – Tatuapé

Telefone: 2941-9022 / 2092-0005

Zona Sul

EMEF Paulo Colombo Pereira de Queiroz

Endereço: Rua Doutor Abelardo da Cunha Lobo, 348 – Parque Arariba

Telefone: 5511-1640

Zona Oeste

EMEF Des. Arthur Whitaker

Endereço: R. André Saraiva, 860 – Vila Sônia

Telefone: 3742-5772

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso