Photo by Edho Pratama on Unsplash

A Academia Brasileira de Letras (ABL) lançou recentemente a nova edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp). A sexta edição do conteúdo, oferecido no site da ABL e no aplicativo oficial do Volp (Google Play e App Store), conta com mil palavras novas, incluindo estrangeirismos, além de correções e informações complementares nos verbetes, como possibilidades de plural e ambiguidades.

De acordo com a ABL, muitos acréscimos de palavras da língua portuguesa e estrangeirismos estão vinculados aos novos termos surgidos a partir da evolução tecnológica e científica, bem como palavras surgidas no contexto da pandemia do novo coronavírus.

Leia também:

Museu da Língua Portuguesa reabre com novas experiências

Top 10: As melhores cidades do mundo para viver

Palavras em português que vieram do japonês; conheça!

Além disso, a inclusão de novas palavras ao Volp está relacionada também a nomes de povos indígenas, língua e família linguística, assim como termos técnicos e novos vocábulos de uso comum, bastante divulgados na mídia impressa e em textos acadêmicos.

Materiais literários, científicos e jornalísticos

Desde 2009, quando saiu a quinta edição do Volp, a equipe de Lexicologia e Lexicografia da Academia Brasileira de Letras, orientada pelo Acadêmico Prof. Evanildo Bechara, trabalha no aprimoramento do material. Assim, durante mais de 10 anos, os estudiosos reuniram novos vocábulos presentes em materiais literários, científicos e jornalísticos, além de palavras sugeridas pelos amantes da língua portuguesa. 

Segundo Bechara, o objetivo da atualização da obra é oferecer ao público um material mais rico e atual, totalmente em dia com a evolução da língua, que, como é muito comum, muda conforme o desenvolvimento da sociedade.

Entre as muitas palavras acrescentadas ao Volp, podemos mencionar algumas ligadas à área da saúde, como telemedicina, teleinterconsulta, laudar, biopsiar e bucomaxilofacial. A pandemia também pautou algumas novas palavras, como covid-19, infodemia e negacionismo, por exemplo. Com relação à tecnologia, vale citar ciberataque e cibersegurança. Do ponto de vista social, destaque para feminicídio. 

Estrangeirismos estão presentes no Volp

Por fim, o novo Volp conta com outras palavras, como ciclofaixa, mocumentário, docussérie, pós-verdade, necropolítica, aporofobia, gerontofobia, sororidade, decolonialidade, notícia-crime, judicialização, homoparental, gentrificação, entre muitas outras.

Em relação aos estrangeirismos, tivemos o registro de home office, coworking, lockdown, podcast, emoji, botox, bullying, compliance, crossfit, delay, chimichurri, live-action, jihad, parkour, entre outros termos de origem estrangeira.

Com o Volp, a Academia Brasileira de Letras reafirma seu compromisso de cultivo da língua portuguesa dentro da realidade brasileira. Logo, diz a ABL, continuará atualizando o Volp com o intuito de fazer o registro mais completo possível dos vocábulos de uso comum, do dia a dia dos brasileiros, além de considerar a terminologia técnica e científica.

gama-branco

A Gama! surgiu da iniciativa de profissionais do mercado de tradução que, após 10 anos de experiência na coordenação de projetos de tradução escrita e interpretação simultânea, perceberam a carência do mercado por uma agência que seguisse padrões internacionais na qualidade dos serviços prestados e no relacionamento com o cliente – não importando onde o cliente esteja.

+55 11 2081-0447

 Envie um e-mail

2022 © Gama! Traduções e Interpretações. Política de Privacidade | Termos de Uso